MP e Polícia lacram faculdade ilegal em Rondônia e outras poderão vir acontecer no Sul do Amazonas

O Ministério Público e a Polícia Civil de Rondônia realizaram na manhã desta terça, dia 7, a operação Apate contra organização criminosa que oferece cursos de graduação e pós-graduação sem autorização legal. O Ciperon (Centro Integrado de Pesquisa e Educação de Rondônia), instalado no distrito de Nova Dimensão, no município de Nova Mamoré, em Rondônia foi alvo de busca e apreensão de documentos e computadores e ainda tiveram uma funcionária da Ciperon levada pelos policiais e o prédio da faculdade lacrado.
NO DISTRITO DO MATUPI TAMBÉM EXISTE UM POLO DA CIPERON:
Os moradores e os próprios alunos estão desconfiando de que a Instituição conhecida por CIPERON (Centro Integrado de Pesquisa e Educação de Rondônia) instalada no Distrito de Santo Antonio do Matupi Km 180 (Manicoré-Am) também esteja ludibriando quase 200 estudantes que ali estão matriculados nos cursos de: Pedagogia, psicologia, Agronomia, educação física e técnica de enfermagem ao longo de quase 03 (três) anos e que recentemente foi trocado a razão social na Receita Federal e quando se busca informações, os representantes sempre diziam que não tinham nada para da satisfação a ninguém, sendo que a Ciperon foi trocada imediatamente por outra empresa conhecida por Norte Educacional também do estado de Rondônia.
Sem autorização do Ministério da Educação (MEC) para funcionar, a Ciperon/Norte Educacional cometia crimes de falsidade ideológica e estelionato, além de outros, ao emitir diplomas com selos de faculdades de outros estados adquiridos ilegalmente.
VEJA A RAZÃO SOCIAL TROCADA DO CIPERON PARA NORTE EDUCACIONAL: 
NO DISTRITO DE MATUPI - 180
O Ciperon (Centro Integrado de Pesquisa e Educação de Rondônia), instalado no distrito de Nova Dimensão, no município de Nova Mamoré, em Rondônia. Na região, atuava em 17 localidades, sendo 14 só em Rondônia, com aproximadamente 1.300 pessoas matriculadas, sem contar os já “diplomados”. No Distrito de Matupi Km 180 da Rodovia Transamazônica exite um Polo também que está funcionando e de acordo com informações por parte de moradores do Matupi, teve alunos que inclusive tiveram que ir para Porto Velho (RO) estudar em outras instituições educacionais, mas infelizmente não tiveram êxito na matrícula por conta de que os documentos expedidos pela Ciperon não tinham validades, ou seja, não eram devidamente legalizados ou reconhecidos perante o Mec.
O advogado credenciado de defesa Dr. Carlos Evaldo Terrinha, já orientou que todos os alunos possam registrar um boletim de ocorrência na Unidade de Polícia daquele Distrito o mais breve possível, visando levantar e ter todos os elementos contra a instituição que segundo os alunos possa estar atuando ilegal.
No total com apoio da Polícia Civil, estão sendo cumpridos 33 mandados de busca e apreensão e 23 conduções coercitivas. A Justiça já determinou a indisponibilidade dos bens dos proprietários e demais investigados.
Foto: Reprodução/site O Mamoré
Blog Manicoré em Foco
MP e Polícia lacram faculdade ilegal em Rondônia e outras poderão vir acontecer no Sul do Amazonas MP e Polícia lacram faculdade ilegal em Rondônia e outras poderão vir acontecer no Sul do Amazonas Reviewed by Junior Souza on 12:47 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.