Seca do Rio Madeira reduz transporte de cargas em 30%; viagens ocorrem apenas durante o dia

 O nível do Rio Madeira continua baixando e atingiu a cota de 2,25 metros na manhã esta quarta-feira (17), segundo a Delegacia Fluvial de Porto Velho. Com uma seca tão intensa e vários bancos de areia já aparecendo, a Sociedade de Portos e Hidrovias do Estado de Rondônia (Soph) reduziu em 30% o transporte de cargas pelo rio, principalmente no trecho entre Rondônia e Amazonas.
Principal porta de saída da produção agrícola, principalmente soja e milho, de Rondônia e Mato Grosso, e também de entrada de insumos como combustíveis e fertilizantes, além de alimentos e produtos da Zona Franca de Manaus (AM), por medidas de segurança recomendadas pela Marinha e também por fiscais navais, as empresas reduziram a carga transportada nos comboios e ampliou o tempo de navegação, já que a viagem pelo rio é feita de forma mais lenta.
A Marinha já havia proibido a navegação noturna. Segundo a Soph, as empresas suspenderam a navegação das 18 horas até às 6 horas. A medida foi determinada após fiscais navais verificarem pontos bastante críticos aonde o nível de água chegava abaixo de dois metros de profundidade, colocando em risco a passagem das embarcações.

O coordenador de gestão portuária da Soph, Edemir Brasil, explica que entre 2014 e 2015, não houve nenhum registros de acidentes durante o período de seca do Rio Madeira, por conta do uso de sistemas tecnológicos que ajudam na navegação, identificando bancos de areia. “É importante salientar que as embarcações podem continuar navegando até que o nível do rio chegue há 1,90 metro de profundidade reduzindo a capacidade de carga e a velocidade do barco, e assim não deixando de escoar a produção”, afirma o coordenador.
http://www.rondoniagora.com/novo/imagens-2016-ro/logomarca.png


Seca do Rio Madeira reduz transporte de cargas em 30%; viagens ocorrem apenas durante o dia Seca do Rio Madeira reduz transporte de cargas em 30%; viagens ocorrem apenas durante o dia Reviewed by Junior Souza on 06:18 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.