Bolsa Família pode sofrer corte de R$ 10 bilhões e o pobre é quem deve pagar pelo rombo.





O presidente do Senado e do Congresso Nacional, Renan Calheiros (PMDB-AL), criticou hoje (21), a proposta do relator do Orçamento, deputado Ricardo Barros (PP-PR), de cortar R$ 10 bilhões do Bolsa Família no próximo ano, como forma de ajudar a reduzir o déficit em 2016.
Segundo Renan, o ajuste fiscal deve ser “qualificado”, de modo a evitar que os mais pobres paguem a conta.
“Acho que o ajuste é importante para o equilíbrio das contas públicas. Ele só não pode permitir que se cobre a conta de quem efetivamente não pode pagá-la. Sempre defendi a necessidade de qualificarmos o ajuste para não chegarmos a esse nível de raciocínio”, afirmou.
De acordo com o senador, a solução para o rombo nas contas públicas está na retomada do crescimento econômico e não em cortes de programas sociais. “Mais do que nunca, é preciso ter bom senso, responsabilidade. O país precisa retomar o crescimento. A única maneira de aumentarmos a receita é com a retomada do crescimento econômico.”
A proposta foi anunciada ontem (20) pelo relator do Orçamento. O corte representaria uma redução de 35% na verba do programa. Segundo Ricardo Barros, a proposta apenas impede a entrada de novos beneficiários, sem reduzir a bolsa das famílias já assistidas.(Agência Brasil)

Fonte: http://www.correiodaamazonia.com.br/
Bolsa Família pode sofrer corte de R$ 10 bilhões e o pobre é quem deve pagar pelo rombo. Bolsa Família pode sofrer corte de R$ 10 bilhões e o pobre é quem deve pagar pelo rombo. Reviewed by Junior Souza on 19:55 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.