Ufam anuncia início do ano letivo do segundo semestre para 8 de setembro





Proposta da Reitoria é que esse calendário seja válido para cursos que não aderiram à greve.
Manaus - A Reitoria da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) divulgou, nesta segunda-feira (31), no site da instituição na internet, documento em que apresenta um conjunto de orientações sobre o calendário acadêmico e o início do segundo semestre letivo, marcado para o dia 8 de setembro, além das medidas que pretende encaminhar ao Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe).
Esse calendário a ser iniciado no dia 8 de setembro será válido para os cursos que não aderiram à greve, enquanto os que decidiram pela paralisação deverão esperar o término do movimento para reposição de aulas relativas ao primeiro semestre de 2015.
Entre as propostas da Reitoria estão postergar o início do ano letivo de 2016 para data a ser definida somente após o final da greve dos servidores das Instituições Federais de Ensino Superior; abrir novamente o período para oferta e tramitação de turmas e disciplinas para o segundo semestre letivo de 2015, após o final do movimento grevista.
Outra recomendação da Reitoria é abrir novamente o período para solicitação de matrículas em turmas e disciplinas oferecidas para o segundo semestre letivo de 2015 após a reposição integral dos 43 dias que restam para os docentes em greve concluírem o primeiro semestre, além de prazo para as provas finais e lançamentos de notas; e fazer a abertura de novos períodos e prazos para a realização de provas finais e registro de notas, referentes aos dois semestres letivos de 2015.
A Reitoria também sugere que, mesmo nos cursos e unidades que não paralisaram suas atividades, caso haja a oferta de alguma disciplina cujo pré-requisito ainda não tenha sido concluído no primeiro semestre por causa da greve, os professores e coordenações aguardem a reposição integral e conclusão daquele para iniciar a nova turma/disciplina.
Após iniciada a reposição, a Ufam encaminhará ao Consepe a abertura de novo prazo para as coordenações de curso e chefias de departamento  registrarem suas ofertas de turmas e disciplinas para o segundo semestre.
A greve dos professores da Ufam completa 80 dias nesta terça-feira (1).
Alunos terão novo prazo de matrícula
Também será proposto novo prazo para solicitação de matrículas em turmas e disciplinas oferecidas para o segundo semestre letivo e cujas aulas iniciarão somente após a reposição do primeiro. O objetivo desta medida, segundo a Reitoria da Ufam, é permitir a matrícula dos alunos de cursos cujas ofertas não foram feitas no período regular e os discentes que, por terem as aulas interrompidas pela greve, tiveram seus pedidos de matrículas indeferido.
As matrículas para o primeiro semestre de 2016 deverão ser realizadas assim que se encerre o prazo para que os professores, atualmente em greve, registrem as notas correspondentes ao segundo semestre letivo de 2015.
Aos cursos e unidades que não aderiram ao movimento grevista  e que poderá ser cumprido o prazo já fixado no calendário para o lançamento das notas correspondentes ao segundo semestre de 2015, será deferida a oferta de turmas de férias em maior número e com cargas horárias superiores às usuais, caso haja interesse dos professores e respectivos colegiados.
Adua promete contra-proposta
Conforme o professor e primeiro vice-presidente do Regional Norte do Sindicato Regional Norte do Sindicato Nacional dos Docentes de Instituições de Ensino Superior (Andes-SN), Antônio Vale da Costa, o Comando Local Unificado de Greve apresentará em breve uma contra-proposta à comunidade acadêmica.
"Vamos nos posicionar em breve. Há uma ideia de que está tudo normal. Não há uma universidade 'A' e 'B' e temos que encontrar a melhor forma para resolver isso. Estamos avaliando", disse, informando que a contra-proposta será discutida com a participação de estudantes, técnico-administrativos e docentes.
  
O professor destaca ainda que a divulgação do calendário desrespeita a greve e confunde os alunos. "A nota é confusa quando permite que haja matrícula e dizendo que as aulas vão começar dia 8 de setembro. Eles não reconhecem ainda que a maioria dos professores não fecharam as disciplinas. Como se começa um período dessa forma?", indagou. 
Leia a nota completa da Adua: 
O CLG esclarece aos professores que a GREVE continua e alerta que não iniciem o período letivo 2015-2 no dia 08/09/2015, conforme deseja impor a reitoria. O documento intitulado "Reitoria divulga medidas para o Calendário Acadêmico da UFAM",  publicado no portal da Ufam, é tão somente uma minuta de proposta a ser apreciada nas instâncias de deliberação e gestão desta Universidade, portanto, NÃO é fato consumado. Uma contra-proposta está sendo elaborada pelo Comando Local Unificado de Greve, com a participação de estudantes, técnico-administrativos e docentes, a ser apresentada brevemente à Comunidade Acadêmica. 
Fonte: Da Redação / portal@d24am.com
Ufam anuncia início do ano letivo do segundo semestre para 8 de setembro Ufam anuncia início do ano letivo do segundo semestre para 8 de setembro Reviewed by Junior Souza on 10:43 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.