“Amazônia Conectada” vai levar internet em fibra óptica para 52 municípios do Amazonas.

Valor total da obra era de R$ 1 bilhão. Segundo o ministro, com escolha do fabricante de cabos de fibra óptica da Noruega custo será de R$ 500 milhões.

 Com a economia de meio bilhão de reais, o ministro da Defesa, Jacques Wagner, lançou oficialmente o Programa Amazônia Conectada nesta quinta-feira (16), no Comando Militar da Amazônia, em Manaus. “Estamos trabalhando no segundo trecho de 200 quilômetros até Tefé. E tenho convicção que concluiremos as obras em até três anos com investimentos de R$ 500 milhões porque o dinheiro não está sobrando”, explicou o ministro. O evento contou com a presença de autoridades federais e estaduais.
A espinha dorsal do projeto foi lançada no rio Negro no mês de abril, em Manaus. O valor total da obra, anunciado na ocasião, era de R$ 1 bilhão. Segundo o ministro, com a seleção de um fabricante de cabos de fibra óptica da Noruega possibilitou a redução em 50% dos custos.
O ministro de Ciência e Tecnologia, Aldo Rebelo, e o ministro da Comunicação, Ricardo Berzonini, assinaram com Wagner a portaria interministerial que lança oficialmente o projeto. “É uma iniciativa fantástica de integração desta área do Brasil que estava apartada”, disse Aldo Rebelo sobre o projeto que promete levar por via fluvial aos municípios do Amazonas. “As infovias darão mais eficiência e eficácia no envio de informações sobre a segurança das nossas fronteiras”, acrescentou.
Amazônia Conectada
O programa Amazônia Conectada promete interligar 3,8 milhões de pessoas em 52 municípios do estado através de quase 8 mil quilômetros de cabos de fibra óptica. As infovias devem percorrer os leitos dos rios Negros, Solimões, Madeira, Juruá e Purus. O Exército Brasileiro está na liderança da iniciativa.
O projeto aproveitará as estradas naturais da Amazônia, os rios, para levar Internet aos municípios da Amazônia Ocidental sem o serviço. Os cabos serão levados aos maiores municípios das calhas dos principais rios do Amazonas. A partir dali, o sinal será distribuído e o cabeamento estendido aos municípios menores. As regiões do Médio e Baixo devem ser alcançadas pelo programa através do Linhão de Tucuruí, mas somente após 2017.




A implantação do projeto será dividida em partes. Na primeira, que já está em andamento e dividida em duas etapas, será aproveitada a estrutura do gasoduto Manaus – Coari para levar a fibra óptica até o interior do Amazonas. A etapa seguinte abrangerá o trecho entre os municípios de Coari e Tefé e deve ser concluída até dezembro deste ano. A partir daí terá início outra parte do programa que abarcará as cidades entre Tefé e Tabatinga.
A gestão da transmissão de dados através da estrutura ficará a cargo das Telecomunicações Brasileiras S.A. (Telebrás) e da Empresa de Processamento de Dados Amazonas (Prodam).

Com informações do Portal da Amazônia
“Amazônia Conectada” vai levar internet em fibra óptica para 52 municípios do Amazonas. “Amazônia Conectada” vai levar internet em fibra óptica para 52 municípios do Amazonas. Reviewed by Junior Souza on 20:33 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.